Tudo o que você precisa saber sobre Scania a gás!

6 minutos para ler
O guia completo sobre as cabines SCANIA: saiba escolher a ideal para seu negócio
Planilha Cálculo de Frete

A marca sueca Scania está cada vez mais empenhada em reduzir emissões de combustíveis fósseis, como o dióxido de carbono (CO2). Sua meta é reduzir o lançamento do poluente em até 50% até o ano de 2025. Para isso, investe na força dos motores a gás, o que tem conquistado o mercado brasileiro. Caminhões e ônibus com a tecnologia do Scania a gás ganham cada vez mais prestígio dos consumidores.

Mas o que essa modalidade tem de diferente para oferecer? Quais são os modelos disponíveis? Quais as vantagens e como escolher o modelo ideal? Continue a leitura e descubra por que os caminhões Scania a gás são tão especiais.

O que é o Scania a gás?

Resumidamente, trata-se de um novo olhar para a sustentabilidade. A modalidade é marcada pelo equilíbrio perfeito entre economia, desempenho dos motores a diesel e baixo nível de emissão de CO2. Ou seja, um serviço de transporte mais atualizado e comprometido com desempenho e proteção ao meio ambiente.

Essa linha atende tanto deslocamentos urbanos quanto transportes de longa distância.

Como ele funciona?

É semelhante ao diesel: após o tempo de compressão haverá a admissão do ar, em seguida, o gás será comprimido, logo depois vem o centelhamento e o escape vai descarregar a combustão para a atmosfera. É um motor que polui menos e tem potência muito semelhante ao seu sistema de disco.

Quais os principais modelos a gás?

Atualmente, estão disponíveis três modelos de motor a gás: 280 e 340 cavalos, mais comuns em veículos de distribuição (média distância) e 410 cavalos para veículos mais rodoviários. O motor trabalha com o sistema ciclo Otto, com ignição e Gás Natural Veicular (GNV), Gás Natural Liquefeito (GNL) ou Gás Biometano. Além disso, a potência desses motores também pode ser otimizada.

No caso dos caminhões, que podem ser movidos a Gás Natural Veicular (GNV) ou a Gás Natural Liquefeito (GNL), a marca oferece versões de 9 e 13 litros, com autonomia suficiente para percorrer longas distâncias. Se abastecido com biometano, a redução de CO2 é 90% menor que o modelo que utiliza o diesel.

Quais as suas características?

Trata-se de um motor com bastante torque, igual ao movido a diesel, silencioso e com redução na emissão de gases poluentes. Outro detalhe é que a marca é pioneira na produção de caminhões a gás no Brasil. Mas existem outros fatores que devem ser observados. Acompanhe!

Potência

A potência de torque do motor é semelhante ao modelo movido a diesel. O diferencial é que o motor a gás é dedicado especialmente para esse tipo de combustível. Isto é, tudo foi pensado para que ele alcance os melhores índices de eficiência, como a taxa de compressão e a entrada e saída de gases.

Tecnologia silenciosa

Outro destaque se dá para a redução nas emissões de partículas e poluição sonora — atendendo o nível de exigência crescente dos clientes. Ou seja, a tecnologia com o uso dos motores GNV e GNL também é agradável aos ouvidos. Tudo isso graças ao ciclo Otto.

Autonomia

Em relação ao consumo, é mais econômico do que o diesel. O volume do tanque de gás, por exemplo, é menor do que o tanque de diesel. Com isso, além do baixo consumo de combustível, o veículo ganha autonomia de até 1,7 mil quilômetros.

Segurança

O veículo atende todas as normas nacionais e internacionais de segurança. Ele é projetado e fabricado para exercer sua autonomia de forma segura e eficiente. Essas inovações, aliadas às necessidades e tendências de mercado, como é o caso do acelerador inteligente, são diferenciais que valorizam o veículo. E para o transporte de mercadorias sensíveis, como a carga líquida, essas tecnologias são fundamentais para chegar ao destino com segurança.

Os cilindros dos caminhões são equipados com válvulas de segurança capazes de detectar anomalias no funcionamento do gás: temperatura, pressão e problemas na vazão. Ou seja, caso ocorra qualquer tipo de acidente, as válvulas liberam o combustível por segurança.

Quando o gás liquefeito é utilizado, o processo é o mesmo. O combustível se mantém a uma temperatura de -163º C nos tanques. Contudo, ao entrar em contato com atmosfera, ganha forma gasosa automaticamente. Logo, ao menor sinal de irregularidade, é colocado para fora.

Capacidade

As combinações de cilindros e tanques são disponibilizadas a partir da escolha do gás — comprimido (GNC) ou liquefeito (GNL). A escolha ocorre conforme a necessidade de autonomia que a operação exige. De maneira geral, podemos citar três opções de cilindro para armazenamento do gás comprimido: 852 e 944 litros. Para os tanques com gás liquefeito os volumes são de 758 e 1.100 litros. No caso do GNC, é possível destacar cilindros para ter um posicionamento mais elevado em relação ao solo.

Quais são suas vantagens?

A principal vantagem é a não emissão de gases poluentes. Além disso, o uso do gás traz economia para a operação. O usuário pode escolher entre o biometano, o GNV e o GNL. Os combustíveis também podem ser utilizados de forma paralela, com fácil transição entre um e outro e em suas formas de gás (comprimido ou liquefeito).

Esses novos projetos, pautados pela sustentabilidade, têm boa aceitação no mercado e encantam os usuários. Logo, tornam-se tendências e impulsionam novas produções que priorizam tecnologia e cuidado com o planeta. As marcas concorrentes que não aderirem às tendências tornam-se obsoletas e são preteridas pelos clientes. Portanto, a compra de um caminhão com scania a gás é, também, uma forma de materializar essa cobrança ao mercado para produções mais sustentáveis.

Como, você viu, os modelos de Scania a gás promovem a união da sustentabilidade com a rentabilidade. Não é à toa que essa tecnologia está cada vez mais valorizada na hora da contratação do frete. Logo, optar por um modelo movido a gás é aderir à tendência global de entregar soluções limpas e sob medida para o negócio de cada cliente. Com isso, ganham os negócios, as pessoas e, principalmente, o meio ambiente.

Gostou do conteúdo com novidades no meio automotivo e deseja mais detalhes? Então entre em contato conosco! Teremos prazer em levar informações personalizadas a você.

Controlar os custos das sua frota
O guia completo sobre as cabines SCANIA: saiba escolher a ideal para seu negócio
Você também pode gostar

2 comentários em “Tudo o que você precisa saber sobre Scania a gás!

    1. Olá! : O motor do Scania R410 a gás é capaz de gerar 410 cv de potência a 1.900 rpm e 204 mkgf de torque entre 1.100 e 1.400 rpm. Já a versão do R410 diesel, gera a mesma potência a 1.900 rpm, mas torque de 219 mkgf (7,3% maior), entre 1.000 e 1.300 rpm.

Deixe um comentário